sábado, 31 de dezembro de 2011

Novo ano 2012...

OS TSD/Guarda DESEJAM UMAS BOAS ENTRADAS NUM 2012 QUE SE PREVÊ DIFICIL, MAS QUE SEJA, PELO MENOS IGUAL, SENÃO MELHOR QUE 2011, EM SAÚDE, PAZ E AMOR.

quarta-feira, 28 de dezembro de 2011

SINERGIA alerta que EDP e REN não devem ter o mesmo dono.

«...Sindicato da Energia (SINERGIA) vai dizer ao Governo que a EDP e a REN não devem ter o mesmo proprietário, porque não é "saudável" para o funcionamento do mercado...»«...A menos de um mês da data limite para a entrega das propostas vinculativas para a aquisição de até 40% do capital da gestora da rede energética, o presidente da direção do SINERGIA considerou que a privatização pode ser positiva para os trabalhadores, mas receia que ganhe a proposta da State Grid, detida pelo Estado chinês, tal como a empresa vencedora da corrida à EDP, a Three Gorges Corporation.
"Temos reservas sobre a REN ficar nas mesmas mãos da EDP, porque é muito complicado por uma questão de concorrência", admitiu à Lusa Afonso Henrique Cardoso, que hoje se reúne com o secretário de Estado da Energia, Henrique Gomes, para debater a política energética nacional.
Em declarações à Lusa, o presidente do Sindicato da Energia adiantou que "não foi por acaso que se separou a REN do grupo EDP e juntar outra vez não é saudável para o funcionamento do mercado de energia".
Ainda assim, Afonso Henrique Cardoso realçou que "os trabalhadores podem ganhar com a privatização da REN, porque têm as carreiras e os vencimentos congelados há uma série de tempo".
"Julgo que a privatização é uma janela de oportunidade para a situação ser reposta. Enquanto o capital for maioritariamente público, os trabalhadores vão sofrer de forma mais agravada as dificuldades nacionais", acrescentou o dirigente sindical»...


Leia mais aqui, aqui, aqui e aqui

sábado, 24 de dezembro de 2011

CHINA THREE GORGES CORPARATION vence processo de privtização de 1/5 da EDP

«...O cheque chinês não trouxe apenas à EDP e economia nacional um investimento potencial de oito mil milhões de euros: a imagem da eléctrica nacional junto dos mercados volta a brilhar. A agência de notação financeira Fitch anunciou ontem que, apesar de manter o rating BBB+, vai retirar a empresa de uma classificação de vigilância negativa, ou seja, a eléctrica liderada por António Mexia já não corre o risco de sofrer cortes de rating a curto prazo...»

Também os analistas do banco suíço UBS reiteram a recomendação de "compra" da EDP após entrada «...dos chineses. Em bolsa, as acções da eléctrica nacional chegaram a disparar cerca de 4 por cento no dia em que foi anunciado o acordo para vender os 21,35 por cento do Estado à China Three Gorges. Para a agência Fitch, esta operação "irá reduzir os riscos de financiamento da EDP, bem como ajudará a reduzir os custos com a dívida"...»

Leia mais aqui

NESTA ÉPOCA NATALÍCIA, ESPEREMOS QUE ISTO NÃO SEJA UM PRESENTE ENVENENADO PARA OS TRABALHADORES DO GRUPO EDP.
让美国等待这不是为GRUPO EDP的工作者毒害的礼物。 (Traduzido para mandarim)

O melhor NATAL possível





O Secretariado Distrital dos TSD/Guarda, vem por este meio desejar a todo(a)s  o(a)s militantes e simpatizantes, o melhor Natal possível, apesar da crise que atravessamos, conjuntamente com os respectivos familiares.

sexta-feira, 16 de dezembro de 2011

"As dívidas são para se pagar"



«...O primeiro-ministro afirmou hoje que, "tal como as dívidas são para se pagar, os acordos são para se cumprir", defendendo a inscrição no "direito primário" português da "regra de ouro" sobre o défice acordada no Conselho Europeu...»
«..."Não podemos continuar de cimeira em cimeira anunciando compromissos que acabam por não ser cumpridos. Os acordos são para ser cumpridos e respeitados", afirmou Pedro Passos Coelho, durante o debate quinzenal no Parlamento, para o qual o Governo escolheu como tema as conclusões do último Conselho Europeu...»




Leia mais aqui


FELIZMENTE QUE TEMOS ALGUÉM BASTANTE RESPONSÁVEL A GERIR OS DESTINOS DIFÍCEIS DESTE PAÍS, AO CONTRÁRIO DE UMA CERTA "GENTE" DE ESQUERDA, QUE DEFENDE QUE AS DÍVIDAS E OS COMPROMISSOS ASSINADOS, NÃO SÃO PARA CUMPRIR!....

quinta-feira, 15 de dezembro de 2011

Os alemães que se ponham finos ou não pagamos a dívida....

«...“Estou marimbando-me para os bancos alemães que nos emprestaram dinheiro nas condições em que nos emprestaram. Estou marimbando-me que nos chamem irresponsáveis. Nós temos uma bomba atómica que podemos usar na cara dos alemães e dos franceses. Ou os senhores se põem finos ou nós não pagamos a dívida” e se o fizermos “as pernas dos banqueiros alemães até tremem”...»
(Pedro Nuno Santos, vice-presidente do grupo parlamentar do PS)


Leia mais aqui

ORA AQUI ESTÁ UMA DEFINIÇÃO PERFEITA DO QUE PENSAM OS "MENINOS BEM" QUE CAIEM DE "PARAQUEDAS" NA A.R. E DEFENSORES DO (pseudo)SOCIALISMO!....
COMO UMA  GRANDE PARTE DESTA GENTE, NUNCA TEVE QUE SE PREOCUPAR EM RELAÇÃO À ORIGEM DO DINHEIRO, POR AQUI SE VÊ A FALTA DE BOM CENSO E TOTAL AUSÊNCIA DE PUDOR, QUE ESTA "GENTE" TEM, EM RELAÇÃO ÁQUELES QUE POUPAM E AÍNDA CONSEGUEM EMPRESTAR A QUEM PRECISA.
É ÓBVIO QUE TEVE UM BOM "ECONOMISTA DOMINGUEIRO" COMO "PROFESSOR"!......

terça-feira, 13 de dezembro de 2011

Portugueses entre os mais activos e espontâneos sexualmente


«...Em média, os portugueses praticam sexo duas vezes por semana e estão entre os mais espontâneos sexualmente. As conclusões são de um inquérito online da companhia farmacêutica Eli Lilly, que sondou cerca de 13 mil adultos em 13 países diferentes...»

Leia mais aqui


...PARECE QUE NEM SEMPRE TEMOS MÁS NOTÍCIAS, E NEM SEMPRE ANDAMOS NA "CAUDA" DA EUROPA!...

segunda-feira, 12 de dezembro de 2011

1 em cada 5 trabalhadores sofre de perturbações mentais...

«...Um em cada cinco trabalhadores sofre de perturbações mentais, como depressão ou ansiedade, revela um relatório da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE) sobre problemas de saúde mental no local de trabalho divulgado hoje...»

Leia mais aqui

Concorrente à compra da EDP vai dispensar 11 mil trabalhadores

«...A empresa de energia alemã E.ON, que pretende comprar a quota do Estado português na EDP, vai dispensar 11.000 dos seus 80.000 funcionários que tem a nível mundial, confirmou hoje um porta-voz da empresa...»


Leia mais aqui 

ESPEREMOS QUE NÃO FAÇAM O MESMO POR CÁ, NO CASO DE GANHAR A PROPOSTA DELES!

domingo, 11 de dezembro de 2011

84% dos desempregados jovens não têm subsídio

«...A esmagadora maioria dos jovens no desemprego não tem direito a apoio do Estado. Mais de 60 mil não beneficia de subsídio de desemprego, fruto, em grande parte, da precariedade laboral desta faixa etária e dos poucos meses de descontos. Um número que deverá engordar nos próximos meses...»

Leia mais aqui

sábado, 10 de dezembro de 2011

"Sócrates não pode ser tratado por engenheiro" (Rui Verde)

«...Rui Verde, ex-vice-reitor da Universidade Independente, revela as irregularidades na licenciatura do antigo primeiro-ministro, estranha que o caso tenha sido arquivado e diz que o assunto deveria ser analisado em tribunal...»

«...Por engenheiro não se pode tratar, porque ele não está inscrito na Ordem dos Engenheiros...»

«...Pois não. Se houvesse, tinha ficado registado na biblioteca. A minha experiência diz-me que quanto mais cavo, mais descubro. Há um mistério por desvendar, isso há...»

Leia mais aqui

AQUI FICA UMA EXPLICAÇÃO:
O Ministério Público (MP) não está vocacionado para investigar o próprio poder político. A drª Cândida Almeida está limitada por pertencer a uma organização hierárquica. O MP responde pelo Estado. Quem ocupa o poder é o Estado, e o Estado é uma ficção. Deveria ter sido nomeado um juiz independente. O dr. Carlos Alexandre, por exemplo. Aí teríamos a certeza de que haveria uma investigação independente.

sexta-feira, 9 de dezembro de 2011

EDP - 4 propostas para comprar participação pública


«...Os quatro grupos concorrentes à privatização da EDP entregaram esta sexta-feira as propostas vinculativas à compra da posição pública na eléctrica, que deverá estar concluída até ao final de Janeiro de 2012, confirmou à Lusa fonte ligada ao processo...»
«...Segundo a mesma fonte, até às 17h00, hora-limite para a entrega das propostas, a alemã E.ON, a chinesa Three Gorges e as brasileiras Eletrobras e Cemig fizeram chegar à Parpública, a gestora das participações públicas, ofertas pelos 21,35 por cento do capital da empresa liderada por António Mexia.   
Pelo caminho ficaram a indiana Birla, por não satisfazer as condições do governo societário nem o preço, e a japonesa Marubeni devido a uma avaliação menos satisfatória do projecto estratégico...»

Leia mais aqui

SERÁ QUE OS TRABALHADORES DA EDP, VÃO TER QUE COMEÇAR A APRENDER ALEMÃO OU CHINÊS?!...

quarta-feira, 7 de dezembro de 2011

J. Sócrates, "pagar a dívida é ideia de criança"








«...O ex-primeiro-ministro José Sócrates comentou em Paris a crise na Europa, durante uma conferência com colegas universitários da Sciences Po, onde estuda Ciência Política. "Para pequenos países como Portugal e Espanha, pagar a dívida é uma ideia de criança. As dívidas dos Estados são por definição eternas. As dívidas gerem-se. Foi assim que eu estudei", disse...»

«..."Todos sabemos que é uma situação muito difícil, para a qual fomos empurrados, em primeiro lugar, por uma crise internacional e, em segundo lugar, pelos três últimos anos de governação de José Sócrates, que foram muito mal orientados", afirmou ontem Diogo Freitas do Amaral...»
Leia mais aqui

EIS AQUI DUAS AFIRMAÇÕES CONTRADITÓRIAS!
A PRIMEIRA, É UM DOS MUITOS EXEMPLOS DA INCONSCIÊNCIA E FALTA DE PUDOR, DE UMA PESSOA QUE DEIXOU PORTUGAL À BEIRA DO ABISMO!
SERÁ QUE ESTUDOU MESMO?!...
A SEGUNDA (proferida pelo ex-ministro de Sócrates), MAIS REALISTA E MAIS COERENTE, DEFINE NUMA FRASE, A SITUAÇÃO GRAVE QUE SE VIVE EM PORTUGAL!

quarta-feira, 30 de novembro de 2011

Candida Almeida & Cia, como irão descalçar esta "bota"?!....


«...Ex-dirigente da Independente revela dossier original da licenciatura de Sócrates...»   
«...A ser verdade que este conjunto de 17 documentos já estava com o antigo vice-reitor quando o Procurador-Geral da República determinou, em Abril de 2007, a realização de um inquérito para averiguar se aquele crime tinha ou não sido praticado, a conclusão a que chegaram a procuradora-geral adjunta Cândida Almeida e a procuradora-adjunta Carla Dias, responsáveis pela investigação, terá tido como fundamento, entre outros, a análise de fotocópias e não de documentos originais...»

Leia mais aqui


ISTO SÓ VEM CONFIRMAR AQUILO QUE NÓS, JÁ HÁ UNS TEMPOS, COLOCÁMOS AQUI NESTE BLOG!
AGUARDAMOS (serenamente) O DESENROLAR DESTES ACONTECIMENTOS!....

COMO DIRÍA MÁRIO SOARES.....,
ISTO É TUDO BOA "RAPAZIADA"!
«...OTELO ATÉ "TEM BOM CORAÇÃO", SÓ QUE DE VEZ EM QUANDO DIZ "UMAS ASNEIRAS"...»
«...ABSTENÇÃO DO PS É "ACTO DE SIMPATIA" PARA COM SOCRATES...»

sábado, 26 de novembro de 2011

Diálogo Social é a solução, perante os desafios que se avizinham!...

Os Trabalhadores Social Democratas (TSD) , reunidos no seu Conselho Nacional, em Lisboa, a 26 de Novembro de 2011, analisando a situação política, económica e social emitem o seguinte
COMUNICADO

Decorreu no passado dia 24 de Novembro uma Greve Geral convocada pelas duas centrais sindicais.
Independentemente de habituais “guerras de números” em torno de percentagens de adesão, importa sublinhar que a greve é um direito constitucionalmente reconhecido e próprio de um Estado de Direito como aquele em que vivemos. Nesse sentido, a paralisação do dia 24 de Novembro, deve ser entendida com perfeita normalidade democrática.
A situação particularmente complicada em que Portugal e a Europa se encontram, exige medidas difíceis e corajosas, que implicam sacrifícios, têm custos sociais e geram, naturalmente, descontentamento. Assim sendo, os TSD entendem que as greves e outras iniciativas sindicais são uma forma legítima de expressão de um sentimento colectivo e desse modo saúdam o facto da Greve Geral ter decorrido de modo ordeiro e organizado na esteira, aliás, de práticas anteriores.
Os TSD entendem que os portugueses, em geral, têm plena consciência da gravidade da situação financeira e económica em que nos encontramos por via da ruinosa gestão socialista da coisa pública mas que, em paralelo, deve ser o enquadramento sindical a dar corpo aos eventuais descontentamentos.
Decorrida que foi a Greve Geral, cabe ao Governo, em simultâneo com a prossecução do seu programa e das reformas indispensáveis a melhorar o desempenho económico do país, criar as melhores condições para o diálogo institucional ao nível da concertação social e da negociação colectiva.
Os TSD estão assim esperançados que o clima de diálogo prevalecerá tendo em consideração que os desafios do presente e do futuro implicam a convergência dos esforços de todos. Nesse sentido, incitam os parceiros sociais a criarem sólidas bases de entendimento profícuo para que, em nome de Portugal, possamos superar colectivamente esses mesmos desafios.
Por último, os TSD repudiam os incidentes que tiveram lugar frente à Assembleia da República e que são da responsabilidade de pessoas que não aceitam o jogo democrático e institucional e que procuram apenas criar as condições para que se possa instalar entre nós um clima anárquico contrário aos interesses de Portugal e dos portugueses. Os TSD não podem deixar, igualmente, de saudar a actuação profissional e proporcional das forças de segurança que, salvaguardando a ordem pública, actuaram sem excessos e claramente dentro dos limites impostos pela legalidade e o bom senso.
A todos os que procuram tentar criar em Portugal cenários semelhantes aos que se viveram e vivem em outros países, em que se atropelam as leis e se tentam instalar climas de insurreição, importará transmitir a mensagem serena mas firme de que os portugueses são amantes da urbanidade, que sabem que os problemas se resolvem dentro dos limites da legalidade e em termos institucionais e que, acima de tudo, repudiam quaisquer tentativas de tumulto e de alteração da ordem pública.
Lisboa, 26 de Novembro de 2011

sexta-feira, 25 de novembro de 2011

Este é o mesmo Soares que apoiou Sócrates?

«...O doutor Mário Soares veio encabeçar um manifesto chamado ‘Um Novo Rumo’ que cheira mais a bolor do que um queijo Roquefort, com a desvantagem de causar azia só de olharmos para ele. Você já conhece a lenga-lenga de cor, caro leitor, mas é sempre divertido repeti-la: Soares & Amigos "opõem-se a políticas de austeridade que acrescentem desemprego e recessão", recusando-se a "assistir impávidos à escalada da anarquia financeira internacional". Vai daí, apelam "à participação dos cidadãos" e à "construção de um novo paradigma"....»«...Manifesto que é manifesto tem de ter um novo paradigma. E que novo paradigma é esse? É tão novo, mas tão novo, que passa por "denunciar a imposição da política de privatizações" (uma ideia extremamente original), condenar o "recuo civilizacional na prestação de serviços públicos essenciais" (uma ideia incrível da qual nunca ninguém se tinha lembrado), repudiar as afrontas à "dignidade no trabalho" (uma ideia tão espantosamente nova que até reluz ao sol do Inverno) e convidar ao "aprofundamento democrático".
A parte do "aprofundamento democrático" é a minha favorita, até porque o doutor Soares foi durante largos anos um comovente apoiante do engenheiro Sócrates, que aprofundou tanto a democracia em Portugal que abriu túneis directos até à Líbia, Venezuela e Queluz de Baixo. Foram, aliás, tantos os seus buracos democraticamente abertos que tivemos de pedir à troika para vir a correr tapá-los. Pois é, caro leitor: o novo rumo que o doutor Soares e os seus amigos têm para propor ao país é o velho rumo que nos trouxe até aqui. E se fossem aprofundar a democracia para outro lado?...»

JOÃO MIGUEL TAVARES
       (in CM 25-11-11)

quinta-feira, 24 de novembro de 2011

Mário Soares avisa que democracia "pode vir a ser posta em causa"...

COMO É POSSÍVEL ESTE SR. FAZER AFIRMAÇÕES DESTE GÉNERO?!... A MEMÓRIA DELE JÁ ESTARÁ A DESAPARECER, OU QUER ARMAR-SE EM PROTECTOR DO POVO QUE ELE TANTO PREJUDICOU?!...



RECORDANDO....
(para aqueles que teem a memória curta)....




Aqui fica um breve resumo das suas desgraças aquando Primeiro Ministro:

1976- Posse do I Governo Constitucional em Portugal, sob a presidência de Mário Soares
- Governo fixa preço de um pacote de bens essenciais, o cabaz de compras
- Militantes separatistas da FLA içam bandeira da independência em Ponta Delgada, durante as festas do Senhor Santo Cristo dos Milagres
1976- (8JUN) - Conselho de Ministros, em nome da austeridade, não autoriza a introdução da televisão a cores em Portugal
- Visita Portugal uma missão do FMI que considera bastante grave a nossa situação cambial
- Começam as negociações com o FMI
1977- II Governo de Mário Soares; coligação PS-CDS
- Primeira greve da função pública em Portugal depois de 1974
1983- Dissolvida a Assembleia da República em Portugal
- Mário Soares em conferência de imprensa considera que o PS não é bombeiro dos fogos que os outros atearam
- Política de austeridade. Ernâni Lopes, Ministro das Finanças, anuncia corte dos subsídios aos bens essenciais, começando a chamada política de austeridade
- Aumento do preço dos combustíveis
- Revogado o tecto salarial
- Acordo com o FMI. Assinada carta de intenções do governo face ao FMI
- Soares declara que está afastado o espectro da fome e do racionamento
- Pacote fiscal proposto pelo governo é aprovado. CIP fala em rapina fiscal
- Confederação do Comércio considera que o governo está a matar a iniciativa privada.
- Torres Couto da UGT considera que o o governo pode ser o coveiro da democracia
1984 - Mario Soares como Primeiro Ministro.
- 100 000 trabalhadores com salários em atraso (Março). Relatório oficial reconhece a existência de cerca de 100 000 trabalhadores com salários em atraso
- Escândalo D. Branca (Junho)
- Criado o IVA (Dezembro)
- Inflação anual de 29,3% (Dezembro. Inflação anual de 29,3%, a maior desde 1974
1985- Assembleia da República aprova lei para o aumento das rendas de casa
- 25 de Junho Mário Soares pede a demissão de Primeiro Ministro

quarta-feira, 23 de novembro de 2011

Dr. CARLOS MOEDAS (Secret. Est. Adjunto do P.M.) na A.D. do PSD/GUARDA

Jantar
Vista geral da Assembleia













Mesa da A. D.
Interv. Vice-Presid. dos TSD/Guarda

domingo, 20 de novembro de 2011

Escutas que envolvem Sócrates deram vontade de rir a Noronha Nascimento...

«...As escutas telefónicas que envolvem José Sócrates deram vontade de rir a Noronha Nascimento – segundo disse o próprio presidente do Supremo Tribunal de Justiça em entrevista recente, ao Diário Económico – mas foram vistas pelos investigadores do processo Face Oculta como prova clara...»
«...Isso mesmo refere João Marques Vidal, procurador da República de Aveiro, num despacho de Dezembro de 2009, até agora desconhecido, no inquérito então instaurado para apurar quem tinha avisado os arguidos do Face Oculta que estavam sob escuta...»



Leia mais aqui

NÃO NOS PARECE A NÓS, QUE HAJA MUITA VONTADE DE RIR!...
QUE ESTE SR. QUEIRA PROTEGER ESTE (pseudo)Engº, QUE AGORA SE PASSEIA PELOS CORREDORES DA "SORBONNE" E QUE PARA LÁ ENTRAR, APÓS 2 TENTATIVAS, TEVE QUE UTLIZAR "OS RESPECTIVOS CONHECIMENTOS", É UMA COISA!
OUTRA  COISA É, A FALTA DE PUDOR DESTA "GENTE" COM ALTAS RESPONSABILDADES, FAZER AFIRMAÇÕES DESTE TIPO!...
JÁ AGORA, DEIXAMOS AQUI ESTA PERGUNTA:
PORQUE É QUE ESTE Sr. TERÁ MANDADO DESTRUIR AS ESCUTAS, ONDE O SEU "PROTEGIDO" ESTAVA ENVOLVIDO?!...

quinta-feira, 17 de novembro de 2011

138 mil jovens no desemprego...




O número de jovens que não conseguem arranjar emprego não pára de aumentar, atingindo em Setembro mais de 138 mil, o que significa 30% do total de desempregados. Só «doutores» no desemprego, ou seja, licenciados, são já 94.300, segundo dados divulgados ontem pelo Instituto Nacional de Estatística (INE).


Leia mais aqui




PORTUGAL PRECISA URGENTEMENTE DE SOLUÇÕES VIÁVEIS PARA ESTE GRAVE PROBLEMA!
QUEM NOS AJUDA?!...

quarta-feira, 16 de novembro de 2011

DIREITO À INDIGNAÇÃO!...

Os Trabalhadores Social Democratas, face à actual situação muito grave de finanças que se vive neste “rectângulo” à beira mar plantado, fruto de uma (pseudo) governação de um regime (pseudo) socialista, veem por este meio, esclarecer o seguinte:
No Movimento Sindical Português há sindicatos e sindicatos… alguns limitam-se a ser “correias de transmissão” de partidos políticos irresponsáveis que apenas se preocupam com o “bota-abaixo” acantonados nas centrais sindicais defensoras de interesses duvidosos, montando a estratégia política que conduziu à marcação da “greve geral”.
Felizmente existem Sindicatos Independentes (como o SINERGIA, p.ex.,…), que constituem a maior fatia do Movimento Sindical em Portugal que, por não interessar àqueles partidos, continuam a não ter assento em sede de Concertação Social, não lhes permitindo opinar e participar das decisões que verdadeiramente interessam a quem trabalha por conta de outrem, não deixando de entender que há motivos para o “DIREITO À INDIGNAÇÃO”!
O SINERGIA, e de uma forma geral o movimento sindical independente, regendo-se por valores humanistas, dão prioridade ao diálogo e à concertação social que, entendendo não abdicar da greve, a usam apenas no limite das suas reivindicações, deixando aos trabalhadores a última palavra, potenciando a liberdade de decisão!
É isso que vai (deve) acontecer dia 24…

Paulo Penedos: "A minha intervenção foi como advogado"

SÓ QUEM NÃO CONHECE "ESTA GENTE" É QUE AÍNDA ACREDITA QUE EXISTE O "PAI NATAL"....
VEJAM BEM QUEM É O "ADVOGADO" (na foto) QUE DEFENDE O "ADVOGADO"...

RECORDANDO:
Quando António Guterres deixou o País neste "pantano" com a sua demissão, Paulo Penedos ousou candidatar-se a secretário-geral do partido. Teve como adversário Ferro Rodrigues. Perdeu. Pouco tempo depois, em 2001, novo desafio, desta vez em eleições autárquicas: enfrentar o dinossauro autarca de Vila Nova de Poaires, Jaime Soares. Perdeu, clamorosamente, mas o Ferrari(*) que Paulo conduzia, na altura, ficou na memória dos Poiarenses.

(*) - E... viva o "socialismo"!....

Leia mais aqui

segunda-feira, 14 de novembro de 2011

REN usa seguro para pagar defesas no caso Face Oculta...


«...A Redes Energéticas Nacionais (REN) activou um seguro que está a pagar a defesa de um antigo e de três actuais quadros que estão a ser julgados no processo Face Oculta, casos do ex-presidente da empresa José Penedos e de três funcionários que se mantêm em funções, após terem sido acusados e pronunciados por corrupção....»



Leia mais aqui

É IMPRESSIONANTE O DESCARAMENTO DESTA "GENTE"!...
"GENTE" QUE UTILIZOU A EMPRESA QUE LHES PAGA O SALÁRIO (QUE NÃO É ASSIM TÃO BAIXO...), PARA "RECEBER" MAIS UNS "EXTRAS", AÍNDA ACTIVA UM SEGURO PARA O QUAL CONTRIBUEM (INDIRECTAMENTE), TODOS OS TRABALHADORES DO "GRUPO EDP"??!!...
FOI A REN QUE LHES PEDIU PARA ENTRAR NESTAS "GOLPADAS"?!...
SERÁ QUE ESSES "PROVEITOS PRÓPRIOS" QUE AUFERIRAM (???), FORAM ENTREGUES À REN?!...
E... QUANDO OS TRABALHADORES DO GRUPO EDP (ONDE ESTÁ A REN), FICAREM SEM OS SUBSÍDIOS (FÉRIAS E NATAL), ESSE SEGURO TAMBÉM IRÁ RECOMPENSÁ-LOS?!...
SERÁ QUE ESSA "GENTE" PENSA QUE VIVEMOS NA VENUZUELA OU EM CUBA?!...
ISTO JÁ ESTÁ A ULTRAPASSAR O LIMITE DA DECÊNCIA, PORQUE DIGNIDADE É O QUE PARECE QUE "ESTA GENTE" JÁ NÃO SABE (HÁ MUITO TEMPO), O QUE SIGNIFICA!

domingo, 13 de novembro de 2011

Despedimentos colectivos sobem 48% até Agosto


«...O número de processos de despedimento colectivo aumentou 26,6% até Agosto. Mas o número de trabalhadores que as empresas querem dispensar está este ano abaixo de 2010. Mais do que ver nestes dados algum sinal positivo, quem analisa o fenómeno do mercado de trabalho, sublinha há mais empresas de menor dimensão a fazer este tipo de despedimentos.
Os dados de Janeiro a Agosto sobre o despedimento colectivo em Portugal mostram que o número de pessoas por empresa a dispensar por esta via está a reduzir-se face a 2010. Há um ano, a Direcção Geral do Emprego e das Relações do Trabalho registou a entrada de 346 processos que visavam despedir 4378 trabalhadores.
Tendo em conta o número de empregados total das empresas em causa, conclui-se que o objectivo era despedir 25% dos trabalhadores. Este ano, o cruzamento dos vários dados (438 processos visando 4292 pessoas num universo global de 19592) baixa para 21% a "quota" de empregos extintos por aquela  via...»

Leia mais aqui

sexta-feira, 11 de novembro de 2011

PGR não abre inquérito a declarações de Otelo...

«...A posição foi expressa numa nota enviada à agência Lusa, depois de se terem levantado algumas dúvidas sobre se tais declarações poderiam configurar o crime de alteração violenta do Estado de Direito, previsto no Código Penal (artigo 326)...»

Leia mais aqui

FICARÍAMOS, ISSO SIM, MUITO ADMIRADOS SE ACONTECESSE O CONTRÁRIO!...
PERANTE AFIRMAÇÕES TÃO GRAVES, ESTE SR. ESTÁ À ESPERA DE QUÊ?
QUE ESSE CRIMINOSO "DESENTERRE" AS "G3" QUE FORAM ROUBADAS HÁ VÁRIOS ANOS E QUE NUNCA APARECERAM?!...
O "COPCON", DISSE NAQUELA ALTURA, ANTES DE CONVULSÕES GRAVES, EM TEMPOS DO "PREC", QUE ESTAVAM EM BOAS MÃOS"!...

«...A posição da PGR deixa entender que Otelo Saraiva de Carvalho, o principal operacional do 25 de Abril, hoje coronel na reserva, só será alvo de um inquérito se o seu apelo vier a ter consequências práticas...»

Leia mais aqui

DEPOIS DO FACTO CONSUMADO, INSTAURAVA UM INQUÉRITO!...
E... ESTA HEIM?!...

quinta-feira, 10 de novembro de 2011

Armando Vara confrontado por popular....


AH...,  GRANDE PORTUGUÊS QUE TEVE CORAGEM PARA DIZER NA CARA, A ESTE TIPO DE POLÍTICOS, AQUILO QUE A MAIORÍA DO(A)S PORTUGUESE(A)S, PENSA, SENTE E VIVE NA PELE HÁ VÁRIOS ANOS!

quarta-feira, 9 de novembro de 2011

Otelo admite novo golpe militar em Portugal...

«...O coronel na reserva acredita que há condições para os militares tomarem o poder e vai mais longe: “bastam 800 homens”....»
«...“Gozamos da liberdade de reunião, de manifestação e de expressão, mas começa a haver um caminho para trás”, frisou...»

Leia mais aqui

E... ouça mais aqui

COMO É POSSÍVEL ESTE CRIMINOSO, FAZER AFIRMAÇÕES DESTE TIPO, QUANDO A MAIORÍA DO POVO SABE QUE ELE TEM AS MÃOS SUJAS DE SANGUE E QUE SE NÃO FOSSE O "CAMARADA" MÁRIO SOARES (que o indultou), PROVAVELMENTE AINDA HOJE ESTARÍA A VER O "SOL AOS QUADRADINHOS"?!...
FICAMOS DEVERAS PREOCUPADOS PELA COBERTURA QUE ALGUMA COMUNICAÇÃO SOCIAL AÍNDA DÁ A ESTES "SAUDOSISTAS" DE UM PASSADO QUE A MAIORIA DOS PORTUGUESES TENTA ESQUECER!
EU E ALGUNS COMPANHEIROS QUE TRABALHÁVAMOS NUMA FÁBRICA, AQUI NA ZONA, FOMOS MANDADOS PARAR (quando nos deslocávamos para o local de trabalho), NAS "CÉLEBRES BARRICADAS DO 25 DE NOV." POR COLEGAS DE TRABALHO DA MESMA FÁBRICA, ACOMPANHADOS POR UNS INDIVÍDUOS ARMADOS, QUE NEM SEQUER MERECÍAM USAR O "CAMUFLADO" QUE TRAZIAM VESTIDO!
TRABALHÁVAMOS EM TURNOS!...
MANDARAM-NOS SAÍR, ABRIR A MALA E REVISTARAM O CARRO!
JAMAIS ESQUECEREMOS ESTAS SITUAÇÕES!!...

GREVE OPORTUNA OU OPORTUNISTA?!

            No passado dia 15/10, o actual governo (eleito democraticamente em 05/06/11), apresentou na A.R. um projecto de orçamento para 2012.
            No dia seguinte (domingo, 16/10), o Partido Comunista (representando apenas 7,9% do eleitorado), reuniu o seu Comité Central e “encomenda” à CGTP uma “greve geral”!
            No dia 17/11, a CGTP (que representa 81 dos 348 Sindicatos portugueses*) sem consultar os seus 81 sindicatos, (ao que se sabe), avança para uma “greve geral” logo marcada para o dia 24 de Novembro!
            Dia 18/11 a CGTP reuniu com a UGT (que representa apenas 51 dos 348 Sindicatos Portugueses*).
            Não compreendemos como é que a central sindical UGT aceita alinhar neste conluio “de retirar um dia de salário, subsídio de refeição, prémio de assiduidade e outros” para “empurrar” os trabalhadores para uma greve que servirá mais os interesses da maior parte da Comunicação Social em vez de uma acção de responsabilidade patriótica de que PORTUGAL bem precisa!
            O Direito à greve é um direito inalienável e fundamental para todos os trabalhadores mas, esse direito só deverá ser usado quando se justificar e não servir interesses político-partidários, como nos parece ser este o caso. Banalizar este direito, para servir interesses obscuros e/ou para conseguir protagonismos na comunicação social (televisões, jornais, etc), à custa do salário dos trabalhadores, NÃO É SÉRIO E DESCRIDIBILIZA ainda mais o Sindicalismo, que muitas vezes é realizado, com muita dificuldade, pelos Delegados Sindicais junto dos trabalhadores.
            Tanto a CGTP como a UGT, que são financiadas pelo Estado Português (leia-se contribuintes) na Concertação Social, deveriam utilizar o dinheiro que recebem dos seus associados, para tentarem minimizar o(s) dia(s) de greve dos trabalhadores, como fazem (entre outros) os Sindicatos no Norte da Europa.
            Perante estes factos, e sem abdicar do direito à contestação, os Sindicatos Independentes, que são a maioria no Movimento Sindical Português e que lamentavelmente não têm assento em sede de Concertação Social, não devem fomentar (convocar) ou apoiar uma greve para a qual “não foram ouvidos nem achados”! Devem esclarecer, isso sim, os associados sobre todos os prós e contras deste tipo de revindicação e apoiá-los nas melhores formas de luta contra as adversidades da situação para a qual o sindicalismo arcaico e controleiro ajudou a criar. Neste momento bastante crucial para o País, é a trabalhar e a tentar produzir mais para retirar Portugal de uma crise muito grave que as “greves de protagonismos” não ajudam absolutamente (mesmo) nada.

* - Dados do BTE do Ministério do Trabalho.


domingo, 30 de outubro de 2011

José Sócrates pede ao PS que vote contra o Orçamento

«...o PÚBLICO sabe que há uma estratégia posta em prática por apoiantes de José Sócrates para pressionar o actual líder do PS a votar contra o Orçamento do Estado para 2012...»
«Uma estratégia que, de acordo com as informações recolhidas pelo PÚBLICO, tem tido o empenho do próprio José Sócrates, que tem falado ao telefone com deputados seus próximos...»
«...Alguns socialistas reconhecem que a estratégia de pressão existe e tem como pressuposto básico não tanto o conteúdo do Orçamento em discussão, nem mesmo os cortes nos subsídios dos funcionários públicos, mas o facto de os apoiantes de Sócrates considerarem que a viabilização, com o voto a favor ou com uma abstenção do OE, será um facto...»
«...Isto porque, consideram, não rejeitar o OE será uma forma de o PS aceitar tacitamente a tese do Governo de que houve um “desvio colossal” de mais de três mil milhões de euros. O que seria o enterrar pelos socialistas da herança do último governo e o reconhecimento de que, afinal, os PEC de Sócrates, em particular o PEC IV, não eram solução para a situação económica do país...»

Leia mais aqui

É IMPRESSIONANTE A DESFAÇATEZ DESTE SR., AO APELAR AOS SEUS CORRELEGIONÁRIOS ESTA TOMADA DE POSIÇÃO! ISTO É PURA E SIMPLESMENTE CHOCANTE E ESCANDALOSO, VINDO DA PARTE DE QUEM VEM, COM RESPONSABILIDADES GRAVÍSSIMAS, QUE TEVE (E TEM) NO DESCALABRO ECONÓMICO EM QUE DEIXOU ESTE PAÍS! NA ISLÂNDIA O 1º FOI JULGADO E CONDENADO A PRISÃO, POR MENOS! OS TRABALHADORES (DO PÚBLICO, DO PRIVADO, OS LIBERAIS); OS PENSIONISTAS; OS REFORMADOS; AS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS, É QUE VÃO SENTIR NA PELE, O PESO DA FACTURA QUE IRÃO PAGAR POR CULPA DA PÉSSIMA GESTÃO DE UM DESGOVERNO SOCIALISTA QUE EM 12 ANOS DEIXOU A ECONOMIA CHEIA DE "BURACOS" E COM "ARMADILHAS" QUE PARA SEREM "DESARMADAS", O GOVERNO TEM QUE PAGAR MILHÕES DE INDEMNIZAÇÕES AOS CAMARADAS SOCIALISTAS, GESTORES DE GRANDES EMPRESAS, COM AS QUAIS ELES ASSINARAM CONTRACTOS MULTIMILIONÁRIOS. CONTRACTOS ESSES, A VIGORAR POR 1, 2, 3 DÉCADAS E QUE AÍNDA HÃO-DE SER OS NOSSOS NETOS A PAGAR ALGUMAS FACTURAS!

sábado, 29 de outubro de 2011

Corredor Ferroviário Aveiro-Viseu-Vilar Formoso-Valladolid (Espanha)-Hendaya (França)

A Comissão Europeia aprovou o Corredor Ferroviário do Atlântico no dia 19 de Outubro, no quadro do próximo pacote financeiro 2014 - 2020. Esta proposta de ligação da Península Ibérica a França será constituída por uma linha ferroviária que parte de Hendaya (França) em direcção a Valladolid e depois Vilar Formoso - Viseu - Aveiro - Eixo Norte-Sul de Portugal, incluindo a ligação ao Porto de Leixões. Haverá ainda outra ligação ferroviária entre Madrid, Badajoz e Sines. A Comissão Europeia aprovou estes corredores ferroviários, além de outros, que farão parte da futura Rede Ferroviária Transeuropeia de Transporte TEN-T (Trans European Network Transport) que será um conjunto coerente de linhas mistas de mercadorias e passageiros, com características normalizadas de bitola europeia e com sinalização ERTMS (European Rail Traffic Management System) e electrificação europeia, o que permitirá uma total interoperabilidade ferroviária com todos os países da União Europeia.
A aprovação do Corredor Ferroviário do Atlântico pela Comissão Europeia vem confirmar a declaração do ministro da Economia Álvaro Santos Pereira no programa Prós e Contras na RTP1 sobre a construção de linhas ferroviárias rápidas entre Portugal e Espanha. A estratégia passa por transportar mercadorias dos portos marítimos Portugueses para os outros países Europeus através de linhas ferroviárias, aumentando a competitividade das empresas, uma vez que possibilita o transporte de mercadorias a preços mais reduzidos.

IMPORTANTE NOTÍCIA PARA A GUARDA NO QUE DIZ RESPEITO AO FOMENTO DA ECONOMIA LOCAL E REGIONAL. NEM SEMPRE TEMOS MÁS NOTÍCIAS!

quinta-feira, 27 de outubro de 2011

quarta-feira, 26 de outubro de 2011

"Salário mínimo tem de aumentar nos próximos anos"

«O ministro da Economia e Emprego, reconheceu no Parlamento, que o salário mínimo "tem de aumentar nos próximos anos", mas avisou que fazê-lo agora seria "meio caminho andado para o falhanço do País"...»
«..Álvaro Santos Pereira rebateu a crítica traçando uma diferença entre a "protecção das pessoas e do posto de trabalho". "Não é a mesma coisa."...»
«..."O que verdadeiramente nos preocupa são as pessoas," acrescentou, explicando que o Governo quer defender o trabalhador dando-lhe meios para aumentar as suas condições de empregabilidade e não "o posto de trabalho e a falta de mobilidade"...»

Leia mais aqui

Os TSD/Guarda estão completamente de acordo com as afirmações que o Sr . Ministro proferiu, principalmente no último parágrafo!
Só vêm reforçar o nosso lema, que é o cabeçalho do nosso BLOG!.....

Os TSD/Guarda entrevistados pela Rádio ELMO

terça-feira, 25 de outubro de 2011

Ministro da Economia assegura que o “princípio da justa causa está salvaguardado"

«O ministro da Economia e Emprego, garantiu hoje que o princípio da justa causa no despedimento de um trabalhador está “salvaguardado”, acrescentando que nesta matéria o Executivo não quer ir além do acordo com a ‘troika’»...
«...“Ninguém quer pôr em causa o princípio da justa causa, estamos simplesmente a implementar o que está no Memorando de Entendimento, que os senhores assinaram”, disse Santos Pereira, dirigindo-se ao deputado Miguel Laranjeiro, do PS, que tinha criticado as medidas do Executivo neste campo...»
«...Ainda sobre a concertação social, Santos Pereira disse que o Governo está “empenhado em manter o diálogo e chegar a acordo com parceiros sociais” e que, aliás, foi a estes a que primeiro telefonou logo que chegou a Portugal para assumir funções governativas...»

Leia mais aqui

segunda-feira, 24 de outubro de 2011

FIGª de CASTº RODRIGO

Os TSD/Guarda estiveram ontem (23-10-11), representados

nas comemorações do Centenário da Associação Humanitária

dos Bombeiros Voluntários de Figª de Castº Rodrigo, que

contaram com a presença do Sr. Ministro da Administração

Interna, MIGUEL MACEDO.

domingo, 23 de outubro de 2011

Comunicado TSD/Guarda




COMUNICADO

Da reunião tida em 22 de Outubro de 2011, em Aguiar da Beira, vêm os Trabalhadores Social Democratas da Guarda comunicar o seguinte:
1 – Portugal atravessa um dos momentos mais críticos da sua história recente. Hoje e num futuro mais próximo vão ter que ser tomadas medidas duras e pedidos inúmeros sacrifícios aos trabalhadores portugueses, para salvar a Nação.

2 – Esta situação tem um rosto, o Partido Socialista e a sua desgovernação, os boys e girls que se multiplicaram pelos cargos de chefias dos organismos públicos, e que neste momento é urgente emagrecer, para bem da Nação. São inúmeras as empresas públicas, institutos e fundações criadas, que ninguém sabe ao certo quantos e quantas são e para que servem, mas que todos sabemos que foram aconchegando a família socialista, à custa do desenvolvimento do País.
Não podemos branquear estas responsabilidades, porque hoje como no passado recente, o Partido Socialista continua a falar de Portugal como se de outro país se tratasse, desfasado da realidade, como se nada tivessem a ver com a governação destes últimos 15 anos que nos conduziu à beira do abismo.

3 – Tudo faremos para sensibilizar os poderes públicos e o sector privado para olharem para o Distrito da Guarda, como uma oportunidade. Só podemos defender os trabalhadores do nosso Distrito, ajudando a criar novos postos de trabalho.

4 – Nesta encruzilhada reformista por que passamos, vamos estar atentos às reformas administrativas que por aí vêm. Vamos não só defender como procurar ajudar à consolidação das instituições existentes no nosso Distrito, nomeadamente no que diz respeito aos organismos desconcentrados da administração pública central. Esta será para nós uma luta sem tréguas, não podemos deixar fugir os esvaziar de recursos humanos, as poucas instituições públicas, que o Estado tem na nossa região.

5Ninguém pode estar autorizado a faltar à chamada para ajudar Portugal.
Os portugueses, trabalhadores do sector público e privado, patrões e Estado, reformados e pensionistas, trabalhadores independentes, Governo e Oposição, estão obrigados, na medida da sua riqueza e responsabilidade, a contribuir para este desígnio.

sábado, 22 de outubro de 2011

PPP-Buraco de 15 mil milhões...

«Concessões: Despesa supera em três vezes cortes nos salários e subsídios...»
«...Relatório das Parcerias Público-Privadas enviado à troika mostra que o Estado foi prejudicado em milhões...»
«...A pedido da troika, a DGTF elaborou um relatório que revela que as parcerias público-privadas (PPP) vão gerar um buraco superior a 15 mil milhões de euros. A despesa do Estado com essas obras é três vezes mais alta do que os cortes salariais acumulados na Função Pública e no sector privado em 2011, 2012 e 2013...»


Leia mais aqui




Nuno Crato: 5 milhões de dívida
O ministério da Educação reconheceu ontem uma dívida de 5 milhões de euros relacionada com o sistema de empréstimos a estudantes do Superior.

Leia mais aqui

MAS ATÉ QUANDO VAI CONTINUAR TODA ESTA SUCESSÃO DE "BURACOS"?!...
APARECERÃO MAIS?... E OS AÇORES?!...
ESTE GOVERNO DEVERÍA ALTERAR RAPIDAMENTE A LEI, PARA QUE OS RESPONSÁVEIS POLÍTICOS FOSSEM JULGADOS E CONDENADOS! É QUE OS TRABALHADORES (PÚBLICOS E PRIVADOS) E PENSIONISTAS É QUE SÃO OS "BOMBOS", QUE ESTÃO "MAIS À MÃO", PARA ACABAR COM ESTA "REBALDARÍA" EM QUE OS SOCIALISTAS DEIXARAM ESTE PAÍS APÓS 12 ANOS DE DESGOVERNAÇÃO! AÍNDA SÓ ESTÃO NA OPOSIÇÃO HÁ 4 MESES E JÁ FALAM COMO SE NÃO TIVESSEM NADA A VER COM ESTE DESCALABRO E ACABADINHOS DE CHEGAR DE OUTRO PAÍS!...

sexta-feira, 21 de outubro de 2011

PEDRO ROQUE, intervenção hoje na AR...

«..."Entendemos nós, PSD, como aliás qualquer pessoa de bom senso, que a evolução económica e o imperativo da competitividade da economia se não aconselham esta actualização para 2011, muito menos justificam os 600 euros para 2013", afirmou o deputado do PSD, PEDRO ROQUE (...também Secret. Geral dos TSD...), no plenário da Assembleia da República, durante a discussão do projecto de resolução do PCP que recomenda ao Governo o aumento do salário mínimo de 485 euros para 500 euros.
Acusando os comunistas de quererem "olimpicamente ignorar que o país atravessa um momento muito delicado", Pedro Roque recordou ainda que o memorando assinado com a troika compromete o Governo a só aumentar o salário mínimo nacional "se justificado pela evolução económica e do mercado de trabalho" e após a revisão do acordo de assistência financeira...»
Leia mais aqui

quarta-feira, 19 de outubro de 2011

CAVACO SILVA: corte dos subsídios é a “violação de um princípio de equidade fiscal”


“Mudou o Governo, mas eu não mudei de opinião”, afirmou hoje

o Presidente da República, contestando a eliminação dos

subsídios de férias e de Natal para funcionários públicos e

pensionistas, que vê como a “violação de um princípio de

equidade fiscal”.




Leia mais aqui

OS TSD/GUARDA ESTÃO COMPLETAMENTE DE ACORDO COM ESTE PRINCÍPIO, EVOCADO PELO SR. PRESID. DA REPÚBLICA!...

segunda-feira, 17 de outubro de 2011

Rescisões: "Seriam números absolutamente chocantes"

O ministro das Finanças, Vítor Gaspar, não fechou esta segunda-feira, na RTP, a porta ao prolongamento da suspensão dos subsídios de férias e de Natal para a Função Pública para lá de 2013.
Questionado se o montante de corte na despesa poderia ser alcançado com rescisões amigáveis no sector público, ao invés da eliminação provisórios dos subsídios, a resposta foi "não é uma alternativa". Mas, se fosse, "seriam números absolutamente chocantes" e 100 mil rescisões não seria um valor descabido.
Na explicação que deu para aplicar a suspensão por dois anos dos subsídios de férias e de Natal na Função Pública, o ministro frisou a segurança no trabalho no sector público como contraponto ao privado. E, "não havendo despedimentos na Função Pública, para reduzir a despwsa, não é possível fazê-lo, sem redução de salários. É uma questão aritmética", declarou, recusando sempre, apesar da insistência do jornalista, em se comprometer a rescisões amigáveis como alternativa. Os números seriam entre as 50 a 100 mil rescisões.
Quanto ao cenário de cumprimento do plano de assistência financeira, Gaspar avisou: "A interrupção abrupta do financiamento seria uma verdadeira catástrofe".
E o objectivo é cumprir o plano até porque "as comparações entre os dois países, (Portugal e a Grécia) são infelizes". Cada país é um caso.

domingo, 16 de outubro de 2011

"Manif" 15 de Outubro...

Aqui chegados, não temos alternativa. Austeridade a doer, sem mais. E o povo que verdadeiramente sofre esta implacável asfixia, ao mesmo tempo que sente as dificuldades extremas, tem consciência da gravidade da situação e do que poderá vir a seguir. Assim, são duma enorme irresponsabilidade todos os apelos aos protestos e à revolta... quando o horizonte é negro e o único recurso é "mudar de vida". Basta de apregoar ilusórias soluções que apenas nos conduziram a este beco sem saída. Haja empenhamento de todos os que possam contribuir para mudar de rumo. Só o esforço colectivo poderá inverter a situação. Mas, pelo menos, não retirem a pouca esperança que reste..., nem boicotem...,
Bento Caraças

Indignem-se. Mas longe dos “indignados” profissionais e dos “ocupas” de ocasião.
José Manuel Fernandes

quinta-feira, 13 de outubro de 2011

Principais medidas anunciadas por Passos Coelho

– A eliminação dos subsídios de férias e de Natal para todos os vencimentos dos funcionários da Administração Pública e das empresas públicas acima de mil euros por mês, bem como para os pensionistas com prestações superiores a este valor. Já os vencimentos situados entre o salário mínimo e os mil euros serão sujeitos a uma taxa de redução progressiva, que corresponderá, em média, a um só destes subsídios.
– A redução considerável de “bens da taxa intermédia do IVA, embora assegure a sua manutenção para um conjunto limitado de bens cruciais (...) para sectores de produção nacional, como a vinicultura, a agricultura e as pescas”. Não haverá alterações na taxa normal do IVA e os bens essenciais terão taxa reduzida.
– A manutenção do valor da Taxa Social Única (TSU) e, em alternativa, permitir que o horário de trabalho no sector privado seja aumentado em meia hora por dia nos próximos dois anos.
– As deduções fiscais em sede de IRS para os dois escalões mais elevados serão eliminadas e os restantes verão reduzidos os limites existentes, mas serão salvaguardadas majorações por cada filho do agregado familiar. Serão isentos de tributação em sede de IRS
a maioria das prestações sociais, nomeadamente, o subsídio de desemprego, de doença ou de maternidade.
– Cortes “muito substanciais” nos sectores da Saúde e da Educação.
– O Sector
Empresarial do Estado (SEE) será alvo de uma “profunda reestruturação”, face ao agravamento “substancial” do peso dos prejuízos e do endividamento. Esta reestruturação deverá passar, entre outras medidas, pelo congelamento da atribuição de prémios a gestores públicos enquanto durar o Programa de Assistência Económica e Financeira, ou seja, até ao final de 2013

Leia mais aqui

EIS AQUI, O TRISTE "LEGADO" QUE OS FACILITISMOS E DESVARIOS SOCIALISTAS, DEIXARAM AO POVO PORTUGUÊS, APÓS QUASE 12 ANOS DE PERMANÊNCIA NO PODER! AGORA A MAIORÍA VAI TER QUE PAGAR UMA FACTURA, DE UM "PRODUTO" QUE NEM SEQUER VIU!...
ENTRETANTO, UM DOS MAIORES RESPONSÁVEIS POR ESTA "REBALDARIA" A QUE CHEGÁMOS, ANDA PELA CAPITAL FRANCESA, A "GOZAR" OS RENDIMENTOS, PASSEANDO-SE PELOS CORREDORES DA SORBONNE!...

quarta-feira, 12 de outubro de 2011

Governo propõe redução das indemnizações a todos os trabalhadores

«...Para quem entrar agora no mercado de trabalho, a nova lei aprovada em Setembro passado estabeleceu uma redução das compensações. Primeiro, através da descida de 30 para 20 dias de salário por cada ano de serviço. Depois, pela imposição de um tecto de 12 salários nunca excedendo o valor de 240 salários mínimos nacionais; e ainda pela forma de cálculo da compensação diária (estimada não com base em 22 dias úteis, mas em 30 dias)...»

Leia mais aqui

José Sócrates chamado a tribunal

«...Em 2009, a arguida (Ana Simões) pediu para o tribunal ouvir José Sócrates como testemunha. Para justificar este pedido estava a tese - a mesma contada na carta anónima que originou a investigação em 1997 - de que o então secretário de Estado do Ambiente estaria envolvido no favorecimento do grupo HLC e que teria recebido 750 mil euros por isso...»
«...Segundo o despacho de acusação do Ministério Público, Ana Simões, juntamente com o ex-marido António Morais, terão recebido mais de 50 mil euros do empresário Horácio Luís de Carvalho para que a construção da Estação de Tratamento de Resíduos Sólidos da Cova da Beira fosse adjudicada, em 1997, a um consórcio liderado pela sua empresa, a HLC...»
«...José Sócrates diz que "não tem qualquer relação de parentesco, amizade, afinidade ou dependência relativamente às partes do processo, designadamente aos arguidos". O ex-primeiro-ministro diz mesmo que só conheceu António Morais quando frequentou o Instituto Superior de Engenharia de Lisboa para concluir a licenciatura em Engenharia Civil...»
«...No entanto, e como já foi noticiado em Outubro de 2010, entre 1995 e 1996, Morais deu aulas na Universidade Independente onde Sócrates terminou a polémica licenciatura.
Mas há situações que os colocam em lugares comuns mais cedo. O professor de Sócrates inscreveu-se em Janeiro de 1991 como militante do PS na Covilhã, a mesma secção de que fez parte Sócrates. Além disso, Morais é primo de Edite Estrela, madrinha de casamento do ex-governante...»

Leia mais aqui